quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Quinta das Bágeiras — Reserva '2009

Proveniente de Fogueira, Sangalhos, este clássico da Bairrada é composto por 60% de Baga e 40% de Touriga Nacional, uvas provenientes de vinhas plantadas em solos argilo-calcários, fermentou em lagares abertos, sem desengace, e estagiou em grandes tonéis de madeira avinhada até ao engarrafamento, realizado sem colagem ou filtração. As notas que se seguem referem-se à garrafa nº 3792 das 7454 produzidas.

Intenso e muito fresco, com as flores da Touriga Nacional e o pinho resinoso da Baga, de entre os quais me pareceu prevalecer o segundo. Apesar da percentagem relativamente elevada de Touriga presente, tem tudo aquilo que se espera de um bom Baga, só que mais ligeiro, mais macio, quase elegante já em novo.

Não lhe bastando ter agradado tanto sozinho, ainda deixou o estufado de coelho com que o acompanhei depois da prova brilhar. É um vinho que não cansa, e por conseguinte um perigo.

9€.

16,5