domingo, 24 de novembro de 2013

Pasmados '2009 (Branco)

Branco estagiado da Serra da Arrábida, diz no contra-rótulo resultar de uma mistura das castas Viosinho (52%) com Arinto (26%) e Viognier (22%), tendo metade fermentado em madeira e metade em inox, com posterior estágio de seis meses, com bâtonnage, em barricas de carvalho francês. Começar um post desta maneira é fácil, poderão argumentar alguns. Mas terá ficado assim tanto por dizer?

A cor desperta a curiosidade, palha, carregada, quase a tomar tons de chá. Servido da garrafa, e por isso quase sem arejar, desde logo se mostrou limpo, sem volátil ou qualquer outro tipo de cheiro duvidoso, fino, nem gordo nem magro, ligeiramente untuoso, e rico em sugestões mornas de fruta branca, madura, doce, evolução (nota-se que é um vinho com alguma idade, muito bem conservado) e um interessante toque abaunilhado, certamente da barrica, muito perfumado, muito interessante.

Mais tarde, já tinha bebido algum, apareceu banana seca e dragon fruit. A garrafa foi oferecida pelo produtor, que recomenda um PVP de 7,49€.

16,5