quinta-feira, 26 de março de 2015

Domini '2012

Este tinto jovem vem da Quinta de Mós, propriedade do Douro Superior adquirida pela José Maria da Fonseca em 2000.

Lote de Touriga Nacional (48%), Tinta Roriz (30%) e Touriga Francesa, a colheita de 2012 rendeu 40000 litros de vinho, que foi engarrafado em Novembro de 2013 após estágio de 3 meses em madeira nova de carvalho francês.

Bastante limpo e directo, com esteva e cereja, o fruto bem maduro e em doce, cada vez mais escuro e evoluído com o avançar do tempo no copo, até eventualmente se esfumar naquela mescla indefinida de frutos negros e balsâmicos que é comum encontrar nos seus pares.

A reforçar o estímulo olfactivo, as flores rasteiras e algum do químico aromático das Tourigas que o constituem. Na boca é macio e muito frutado, agradavelmente macio. Simples, para beber sem pensar, e sempre interessante para casar com um bife.

6,50€.

15,5