quarta-feira, 24 de junho de 2015






Passam-se coisas terríveis nas flores, às vezes, mas poucos dão conta.