sexta-feira, 17 de julho de 2015

Grande Encontro '2008

Este tinto veio da Quinta do Encontro, de São Lourenço do Bairro, Anadia. Ou seja, daqui — o edifício circular onde funciona a adega (e mais) destaca-se na imagem.

Lote de Touriga Nacional, Merlot e Baga, fez a maloláctica em barricas novas, de carvalho francês, onde estagiou 8 meses.

A caminho dos 7 anos, estará na altura ideal de consumo, pelo menos de acordo com o diagnóstico de Roger Voss, da Wine Enthusiast, em Janeiro de 2011.

Intenso, chega repleto de bagas silvestres no limite da madurez e transformadas, chocolate amargo, álcool e mentol. O toque terroso da Baga a só ganhar definição ao beber.

Aí aparece um vinho ainda fresco e bem menos extraído que o que aqueles aromas negros com que se introduz levariam a esperar.

Não obstante a presença agradável, tanto o volume como o fim de boca, apenas medianos. Já bem macio, poderá permanecer mais uns tempos no plateau, mas duvido que melhore.

Foi servido directamente da garrafa, a não mais de 14ºC, e acompanhou uma costeleta de vaca, ao jantar, e um bocadinho de browny, depois.

10€

16