quinta-feira, 23 de julho de 2015

Vignerons du Mont Ventoux — Elite '2011

Há dias, descobri num supermercado cá da terra este Grenache/Syrah da A.O.C. Côtes du Ventoux, que se situa no Sul do Ródano (Rhône). O produtor, que tem presença na internet, indica que as castas foram vinificadas em separado e loteadas depois da fermentação maloláctica, a que se seguiu um ano de estágio em barrica.

Ginja, fresca e em licor, cereja e maçã Gala, cozida. Fruta de terra ensolarada. A amora, pareceu-me, também estava lá, não sei até que ponto por sugestão (li sobre este vinho na net e praticamente toda a gente que lhe tenha dedicado umas palavras fala de amora).

Primeiro, um pouco frio de mais, mas já generosamente arejado, mostrou-se tão balsâmico quanto esbatido. Cresceu em generosidade com o subir da temperatura, mostrou o toque apimentado que é típico do Syrah da região. Cresceu e ficou bastante saboroso, os seus 14,5% de álcool a só se começarem a evidenciar quando já estava bem para lá da temperatura ideal de consumo, a uns 20ºC ou mais, altura em que realmente ficou um bocado chocho, a fruta a desfazer-se em licor e chocolate. Final e concentração, médio+.

É um vinho francês honesto, proveniente de uma D.O. que não está na moda, e que não sendo brilhante, tem interesse, talvez mais ainda para os curiosos que valorizam o factor diferença.

5€

16