quarta-feira, 30 de setembro de 2015

EELS — Electro-Shock Blues

Electro-Shock Blues foi o segundo álbum dos californianos EELS.

Achei curioso quando li, na entrada que o IMDB lhes reserva, que "the eels (whose real name is "eels", no capital, no "the" before it) were officially founded when Butch Norton and Mark Everett (aka E) met Tommy Walter. The name "eels" was chosen so that the band's records would be close to E's solo records."

Ora, o vocalista da banda é filho de Hugh Everett, o físico  — embrace the multiverse! :) — e EELS também pode ser isto. Coincidência, provavelmente.

Sem ser violento, é um trabalho profundamente visceral. Uma pessoa tem de estar mesmo muito triste para conseguir fazer uma coisa assim, nota-se. Enfim, depois deste, o som deles mudou.



Going to your funeral and I'm feeling like a fool
No one's gonna take the blame
Thinking about the days of hanging out behind the school
Everything goes away

#2, Going to Your Funeral Part I.