terça-feira, 15 de setembro de 2015

Parentini — San Friano '2012

Rosso Toscano IGT, este vinho é um monocasta Cabernet Sauvignon, criado sem passagem por madeira. O produtor, a Tenuta Parentini, é uma propriedade situada um pouco a Sul de Empoli, negócio familiar que conta com 9ha de vinha, zonas de carrascal mediterrâneo, o chamado garrigue, e olival.

Foi servido a 16ºC, directamente da garrafa. De cor granada, escura, de concentração discreta, mostrou-se um Cabernet muito especiado, a fruta longe de exuberante, sem pimento, a evidenciar já certa falta de brilho, sugestão de um princípio de cansaço que as notas de couro e frutos secos que também trouxe consigo ajudaram a cimentar.

Melhor o sabor que a textura, globalmente macia, mas um pouco esquisita, como se tivesse mais taninos que fruta, a evocar uma daquelas pessoas magras e pálidas que no entanto têm corpo duro, tonificado. Apesar de algo aguado no ataque à boca, a presença fresca, de sabor nada desinteressante e persistência decente, acabou por ir dando vontade de repetir, até que se bebeu todo.

Acompanhou uns naquinhos de bife de vaca que a S preparou no pseudo-wok, com malagueta fresca, cebola apenas ligeiramente cozinhada, pimenta preta e natas, melhor que os queijos da sobremesa, São Jorge com 4 meses de cura e Gran Capitán.

8€.

15