terça-feira, 10 de novembro de 2015

Quinta do Infantado — Tawny 10 Anos

Engarrafado em 2014. Macio, cálido, levemente aguardentado. Possuidor de alguma profundidade e um muito bom equilíbrio entre os tons de frutos secos e maduros, com os inevitáveis caramelo e café presentes, pareceu-me relativamente pouco doce (cof) para "dez anos".

Tentando não efabular, poderei dizer que apresentou as características que usualmente se associam ao estilo, aparte o sabor e a persistência, esses acima daquilo que será a média dentro do género.

De novo, não me é fácil escrever sobre estes vinhos, todos parecidos q.b. entre si — a diversidade é bem mais perceptível nos lotes com 20 e mais anos, já ignorando o mundo que são os "Colheita".

Sim, dentro do género, este pareceu-me dos melhores. No entanto, e isto tem ficado tão mais claro quanto mais vinhos tenho experimentado, não creio que seja possível afirmar com justeza que algum Porto datado, mesmo aqueles excedentes que acabam com as marcas das cadeias de supermercados que os vendem, é ou tem jeito de coisa standard.

Acompanhou mini palmiers, daqueles secos, que se vendem em caixas grandes a preço de desconto, chocolate em barra, o "Crunchy Nougat" Lindt, que é fofo e merece um link, fumo e conversa. CC gostou muito e a S também me pareceu convencida. Procurando por ele, online, encontrei isto.

15€

17