quarta-feira, 11 de maio de 2016

Valle Pradinhos '2009

Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Tinta Amarela. Em traços gerais, o produtor de Vale de Pradinhos, Macedo de Cavaleiros, que tem presença na internet, refere ter sido feito com desengace total das uvas, fermentação a temperatura controlada e maceração pós-fermentativa, a que se seguiram 22 meses de estágio, em barricas usadas.

Cor rubi, escura, mas longe de opaca. A primeira impressão, ainda sem comida, foi de que cheirava a vinho.

Depois, a acompanhar um lombinho de porco que estava divinal, servido com cogumelos shiitake mega frescos, trouxe consigo uma profusão de frutos do bosque, vermelhos e pretos, todos eles escuros, bem maduros, junto com muitas especiarias, apimentados muito interessantes, realçados por um toque de vegetal seco, a fazer lembrar algo entre folha de chá e rama de tomateiro.

De peso apenas mediano mas concentração mais que satisfatória, escorrega maravilhosamente, penso que em grande parte graças à abordagem algo singular: ataque macio, quase delicado, seguido de um crescendo, elevado por excelente acidez, que culmina num fim de boca francamente bom, muito vivo, sempre sem se descompor — o jeito sóbrio vinca-lhe a aptidão gastronómica.

Em suma, sobejamente interessante, apesar de talvez um furo abaixo do de 2007.

8€.

16,5