sábado, 27 de agosto de 2016

Ernest Wein — Riesling '2014

Um Riesling com carácter, este alsaciano da Cave des Vignerons de Pfaffenheim, quanto mais não seja, na medida em que a casta se deu a perceber logo desde a primeira cheirada.

Servido frio, directo da garrafa, mostrou corpo fino e fresco, paladar seco, com muitos citrinos — mais para o lado do limão amargo que da laranja doce — a mudar, com o tempo, para nectarina e afins, um pouco de gengibre e flores brancas.

Pareceu-me existirem tímidas sugestões de doçura, mas nada mais que isso: sugestões.

Simples e polido, é um trabalho industrial de qualidade, de que gostei sem reservas.

Quase ao nível de um Dr. Loosen de base, mas a metade do preço, não admira que tenha esgotado num ápice.

Acompanhou sushi trazido da rua, deste, e ficou deveras engraçado com as algas que cobriam os rolinhos "alaska" e a menta fresca dos "spring roll salmon fresh".

5€.

16