sábado, 17 de setembro de 2016

SOVIBOR — Garrafeira '2002

Cor granada, de saturação média a alta — bonita.

Limpo, mesmo logo depois de servido, está um tinto de volume e amplitude medianos, com fruta bastante transformada e muitos aromas de evolução: mais perceptíveis, frutos secos, ligeiro ranço e folha de tabaco.

Em todo o caso, ainda bem vivo, aliás, mais virado para a firmeza que para a complexidade, a acidez um pouco desenquadrada, como se não existisse substância — meio — suficiente para a acompanhar.

Surpreendeu, no entanto, a meia garrafa deixada para o dia seguinte. Após quase vinte e quatro horas na porta do frigorífico, vedado apenas com a sua própria rolha, pareceu-me mais saudável, de proporções mais equilibradas. Francamente bom!

Foi feito com Trincadeira e Alicante Bouschet, o mosto fermentado em contacto com as películas, a que se seguiu meio ano em barrica, antes do engarrafamento.

Abri a garrafa nº 11736 de 20000 produzidas.

Acompanhou feijoada.

9€.

16,5