terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Château Sansey '2014

Este tinto produzido pelos irmãos Guignard, de Mazères, consiste num lote composto por 60% de Cabernet Sauvignon, 30% de Merlot e 10% de Cabernet Franc.

Foi aberto talvez meia hora antes de servido e acompanhou febras de porco, muito finas, grelhadas em estilo simples, junto com batatas assadas.

Mostrou bastante fruta preta aromatizada com especiarias doces — bouquet típico dos vinhos da região. De meio corpo, entrou suave na boca e persistiu razoavelmente.

A princípio, pareceu-me predominar o lado especiado do lote, com toques de torrefacção e a remeter também à baunilha, sem peso ou amargor, mas a fruta recuperou terreno com o avançar das coisas.

Espinha dorsal firme e flexível, o binómio acidez/taninos não comprometeu.

Assim encontrei este Graves "de supermercado": sem brilho, mas estruturado, equilibrado — bem prazeroso.

7€.

16